RSS

Como Deus é?

terça-feira, 21/09/2010 2:59 pm  

[Deus] tem, ele só, a imortalidade e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver. Quem me vê a mim vê o Pai (1 Timóteo 6:16; João 14:9).


Como representar Deus? Para os antigos, a idolatria era uma grande tentação. Representavam a divindade por meio de estátuas de seres humanos, animais ou monstros.

A Bíblia diz: “E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis” (Romanos 1:23).

Atualmente, a tentação é bem diferente; os homens tendem a negar a Deus. Muitos consideram Deus como uma influência ou energia, e não como uma pessoa. Usam expressões como “o impulso inicial”, a “casualidade”, “a mãe natureza”, o “grande tudo”.

Mas o que dizem as Escrituras? Elas afirmam que Deus não pode ser representado, porque é espírito, invisível, infinito e eterno; está muito acima de todos os conceitos humanos.

Ele habita na “luz inacessível”, contudo, está perto de cada um de nós (Atos 17:27). É aquele que Se revela por diferentes nomes e atributos: “Santo”, “Todo-poderoso”, “Deus forte”, “Deus justo e Salvador”, “Deus eterno”, “o Altíssimo”, “o Pai”, “o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”.

Como ponto culminante da revelação divina, Jesus é a “imagem do Deus invisível” (Colossenses 1:15), ou seja, Sua imagem moral e espiritual. NEle podemos ver todas as características divinas: bondade, santidade, justiça, verdade, perdão e amor incondicional.


Extraído do devocional “Boa Semente”

,

Este post foi escrito por:

- que escreveu 1125 post(s).


Entre em contato