RSS

A igreja

sábado, 20/06/2009 2:55 am  

“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra.” (Efésios 5:25-26)

O que significa a palavra “Igreja” no versículo de hoje? Com ela o Espírito Santo designa um conjunto de seres humanos salvos desde o Pentecostes (Atos 2) até o momento em que o Senhor Jesus vier para nos arrebatar.

Por “Igreja” se entende, portanto, a soma de todos os que crêem em Cristo. O Senhor não só vê o indivíduo pelo qual Ele morreu na cruz, mas também o conjunto dos redimidos por quem ofereceu Sua vida, e os considera como uma unidade.

Quando olhamos a cristandade, infelizmente, já não podemos perceber claramente tal unidade. Os cristãos se dividiram em muitas denominações e grupos.

Além disso, se misturaram com aqueles que só têm o nome de cristãos, mas que nunca se converteram verdadeiramente. Que grande confusão se constata atualmente!

Contudo, Deus continua vendo o conjunto e a unidade de todos os verdadeiros redimidos. Isso é um grande consolo para nós!

A segunda parte do versículo de hoje é muito importante: Cristo Se preocupa com os Seus, com Sua Igreja. Mediante a Palavra de Deus, Ele quer nos purificar daquilo que não está de acordo com Sua santidade.

Quando nos fala através de Sua Palavra, seja ao lermos a Bíblia ou por meio de uma pregação, Ele deseja alcançar nosso coração e consciência.

Quer que cada pessoa deixe de fazer o que é contrário à Sua vontade. Dessa maneira cada fiel participa da purificação e santificação da Igreja.


Extraído do devocional “Boa Semente”

, , ,

Este post foi escrito por:

- que escreveu 1125 post(s).


Entre em contato

  • Alessandra Costa

    Irmão vc escreve muito bem, é esclarecedor e objetivo!É gostoso ver quando nos unimos com outros irmãos de outras denominações que somos iguais, temos a mesma esperança independente da placa da igreja!Mudei para o interior recentemente e aqui não tem IPI, mas minha família fomos para uma Igreja Pentecostal. Foi estranho no começo, mas já fui de coração aberto pq o tradicionalismo não deve matar a fé. Amo os cultos tradicionais, mas hj posso dizer gosto tanto de ouvir um: Glória a Deus! durante as pregações! Que essa intimidade e prudência em que vc descreve suas experiências possam aumentar cada dia mais, irmão… e continue compartilhando, Deus está usando-o, viu!!