RSS

Mensagem : João 3.3

quarta-feira, 18/06/2008 12:37 pm  

"Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus." João 3.3

 

Existem cristãos e cristãos: cristãos verdadeiros e cristãos nominais. Satanás, o inimigo das almas humanas, é o grande atrapalhador.

Ele gosta de criar confusão, especialmente quando se trata de questões vitais. Posso imaginar muito bem que uma pessoa que ainda não conhece a Jesus como o seu Salvador diga: "Cada um deve escolher o caminho da salvação. Existem tantas igrejas e congregações, tantas seitas e grupos religiosos diferentes que nem se consegue saber quem fala a verdade e quem mente."

Esta é a tática do inimigo, que não quer que você também obtenha a feliz certeza da salvação. Mas num ponto certamente estamos de pleno acordo, ou seja, que Jesus Cristo, o Filho do Deus vivo, não pode mentir!

Ele reivindica ser a verdade! Você crê nisso? Você diz: "Perdi minha confiança nas pessoas." De fato, você não é o primeiro. Você guarda rancor contra certas pessoas que o desapontaram.

Mas o que você tem contra Jesus, o Filho de Deus, que por sua causa deixou Sua glória, se tornou homem, e morreu, derramando Seu sangue na cruz? Ele quer que você também possa ver o reino de Deus!

 

Extraído do livro "Pérolas Diárias" (de Wim Malgo)

Este post foi escrito por:

- que escreveu 1125 post(s).


Entre em contato

  • Renato Lima

    A maioria das pessoas que conheço interpreta essa passagem apenas em um sentido: O renascimento espiritual, ou seja, ver a vida com outros olhos, etc. Mas na sequência deste versículo vemos que não era apenas essa a conotação das palavras de Jesus nessa passagem. Nos versículos 5 e 6 podemos verificar que Jesus fala do nascimento de CORPO e ALMA, não apenas na maneira de ver o mundo. Outra observação é que essa afirmação foi direcionada a um fariseu, que em geral eram pessoas hipócritas, e portanto, excluído (enquanto permanecer nesta situação) do Reino de Deus. Portanto, essa afirmação não se aplica a todas as pessoas em geral, mas apenas aquelas que estão afastadas de Deus, às quais será dada uma nova chance de salvação (nascer de novo). Quem quer buscar a verdade nas Sagradas Escrituras não pode estudá-la de forma preconceituosa, tentando ver apenas aquilo que quer ver ou o que lhe ensinaram em alguma "denominação religiosa".

    "Ainda tenho muitas coisas a vos dizer, mas atualmente não sois capazes de as suportar" (João 16.12)